Política de Privacidade

------

1. Responsável pelo tratamento de dados

A Clínica Médica Arrifana de Sousa, com sede em Penafiel, na Rua Fonte do Carvalho, doravante designada por “CMAS”, é a responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais, comprometendo-se a processá-los com total transparência e no estrito respeito pela reserva da vida privada, bem como pelos direitos, liberdades e garantias fundamentais, zelando pelo integral cumprimento da Lei da Proteção de Dados Pessoais, podendo ser contactada através do telefone 255 718 100.

 

2. Dados pessoais

A CMAS não recolhe quaisquer dados pessoais sobre si, exceto se optar voluntariamente por fornecer os seus dados, através do preenchimento dos diversos registos ou formulários de contacto disponíveis. Ao enviar os seus dados para a CMAS, quer ao registar-se quer ao contactar, está a exprimir a sua autorização relativamente ao processamento dos seus dados pessoais nos termos previstos nesta “Política de Privacidade”.

 

3. Tratamento dos Dados

Os dados fornecidos serão tratados pela CMAS em conformidade com os preceitos legalmente aplicáveis, sendo nomeadamente:

a. Tratados de forma lícita e com respeito pelo princípio da boa fé;

b. Recolhidos para finalidades determinadas, explícitas e legítimas, não podendo ser tratados para outros fins;

c. Exatos e, se necessário, atualizados, devendo ser tomadas as medidas adequadas para assegurar que sejam apagados ou retificados os dados inexatos ou incompletos, tendo em conta as finalidades para que foram recolhidos ou para que são tratados posteriormente;

d. Conservados de forma a permitir a identificação dos seus titulares apenas durante o período necessário para a prossecução das finalidades de recolha ou do tratamento posterior, sendo de 2 anos para efeitos de email marketing.

Depois do período estipulado, os dados serão apagados ou anonimizados.

No caso de registo para compra online, os dados serão mantidos até o utilizador os eliminar no site.

 

4. Dados Sensíveis

Os dados solicitados no site não são considerados, à luz da legislação aplicável como dados sensíveis, não sendo, por conseguinte, aplicáveis às inerentes restrições.

 

5. Cookies

A CMAS utiliza a tecnologia de “cookies” com as seguintes finalidades: evitar que o utilizador tenha de repetir a introdução de informações anteriormente solicitadas; fazer uma estimativa total dos visitantes e tráfego do website; configurar os conteúdos e serviços do website de acordo com os interesses e preferências do utilizador.

 

6. Finalidade do tratamento de dados

Os dados pessoais que a CMAS recolhe sobre si serão usados para as seguintes finalidades: fornecer-lhe informação relativa a produtos, serviços ou eventos, direta ou indiretamente relacionados com a CMAS; realizar-lhe inquéritos de satisfação de cliente; desenvolver ações de “marketing” da CMAS. Os dados poderão ainda ser usados para qualquer objetivo adicional diretamente relacionado com o objetivo original para o qual foram inicialmente recolhidos.

 

8. Acesso, retificação e eliminação de dados

É-lhe conferido o direito de obter, livremente e sem restrições, com a periodicidade razoável, de forma rápida e gratuita, informação sobre os seus dados e respetivo tratamento. A qualquer momento poderá, também, gratuitamente, retificar e eliminar os dados fornecidos à CMAS. Para os referidos efeitos, bastará enviar um e-mail para o endereço CMAS, dando conta da sua pretensão ou utilizar as diversas  ligações existentes nos suportes de comunicação que receber da CMAS.

 

9. Segurança dos dados

A CMAS utiliza as medidas padrão de segurança para evitar que os seus dados pessoais possam ser vistos ou utilizados por terceiros não autorizados. Exceto em caso de dolo ou de culpa grave, a CMAS não é responsável por eventuais prejuízos que possa sofrer devido a qualquer perda, acesso não autorizado, uso indevido ou alteração dos dados recolhidos, imputável à conduta não autorizada ou fraudulenta de terceiros.

 

10. Atualizações

A CMAS poderá, a qualquer momento, atualizar ou alterar a informação desta “Política de Privacidade”, pelo que se recomenda a sua visualização periódica.

 

11. Autoridade de Controlo

Nos termos legais, o titular dos dados tem o direito a apresentar reclamação junto da Comissão Nacional de Proteção de Dados ou outra autoridade de controlo que seja designada pelo ordenamento jurídico em vigor.